Novos desafios para as oficinas de pneus

Novos desafios para as oficinas de pneus

A preferência dos consumidores por jantes de maiores dimensões e mais estilizadas continua a desencadear mudanças que estão a redefinir a forma como os serviços de montagem e equilibragem são rentabilizados.

Questionámos fabricantes de equipamento quanto a tendências dos consumidores na montagem e equilibragem de pneus que venham a influenciar as estratégias empresariais e as aquisições de máquinas dos retalhistas de pneus.

Tentámos saber mais também sobre a forma como os retalhistas de pneus podem dar resposta às tendências com impacto no mercado. Quem está neste negócio há algum tempo, sabe que o panorama da equilibragem de rodas atual é diferente daquele que existia há apenas alguns anos.

Conseguimos identificar, claramente, as três principais tendências no que respeita aos consumidores no âmbito da montagem e equilibragem de pneus.

A primeira tendência a que assistimos, é a proliferação de jantes e pneus de grande diâmetro em automóveis de passageiros mais pequenos. Os retalhistas têm de estar prontos com máquinas de pneus que consigam manusear, de forma segura, uma variedade mais ampla de tamanhos de jantes.

A segunda tendência que começamos a observar é que as jantes mais vistosas já não são exclusivas dos mercados da personalização e dos segmentos de luxo. Os OEM estão a diferenciar as suas jantes apostando na exclusividade e na identificação com as marcas.

Leia o artigo completo aqui

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com