BFGoodrich lutará pela vitória no Rally Dakar 2021

12 - BFGoodrich-lutará

A BFGoodrich volta a enfrentar o maior desafio do automobilismo off-road: o Rally Dakar. A marca líder mundial em pneus todo-o-terreno desde há mais de 100 anos prestará o seu apoio a inúmeras equipas e lutará pela sua décima sétima vitória absoluta.

O Rally Dakar é a prova de todo-o-terreno mais exigente do mundo, e, portanto, um local idóneo para submeter a um exigente teste os pneus BFGoodrich. Esta corrida de resistência com mais de 7500 quilómetros de extensão põe à prova todos os participantes durante duas semanas, em que terão que atravessar desfiladeiros, montanhas, dunas e troços rápidos, e em se depararão com zonas com rochas ou pedras afiadas. Por isso, os pneus para o Dakar devem oferecer uma combinação única de aderência, tração, estabilidade direcional e robustez, assim como uma elevada resistência ao desgaste.

Na edição de 2021 do rali, a BFGoodrich volta a oferecer às equipas participantes uma combinação de pneus de última geração, com o objetivo de garantir as melhores prestações e fiabilidade sobre o terreno: BFGoodrich All Terrain T/A KDR2+, BFGoodrich MUD TERRAIN T/A KM3 e BFGoodrich T/A KM3 UTV/SSV.

Os pneus BFGoodrich no Dakar 2021
O BFGoodrich All Terrain T/A KDR2+ fez a sua estreia no Rally Dakar em 2018, e evoluiu edição após edição. Desde o Dakar 2020, em que contribuiu para a vitória de Carlos Sainz e Lucas Cruz, com o MINI JCW Buggy, a sua carcaça foi revista para aperfeiçoar e maximizar ainda mais a sua performance no segundo Dakar realizado no Médio Oriente.

“A nossa equipa técnica adaptou a mais recente especificação do pneu BFGoodrich All Terrain T/A KDR2+ às caraterísticas do terreno que esperamos encontrar durante a segunda visita do Dakar à Arábia Saudita”, declara Jérôme Hancart, Diretor Técnico do programa de rally cross-country da BFGoodrich. “Ao alargarem constantemente os limites dos diferentes critérios que contribuem para a performance global dos nossos produtos, os nossos engenheiros permitirão aos nossos parceiros focarem-se a 100% na vertente desportiva, sem terem que preocupar-se com os seus pneus”.

Também fará parte da caravana do Dakar o BFGoodrich KM3, a quinta geração do primeiro pneu todo-o-terreno radial, originalmente lançado em 1980. Este pneu, que também está disponível para os veículos de estrada, foi sendo desenvolvido e evoluído graças à experiência recolhida na competição. É capaz de progredir tanto na areia como na lama, e foi concebido para superar as pendentes mais pronunciadas, ou fazer frente, com eficácia, às dunas. Após o alargamento da gama dimensional em 2019, o BFGoodrich KM3 cobre, agora, 78% do mercado. Inúmeros participantes no Dakar 2020 utilizarão, também, o pneu BFGoodrich T/A KM3 SSV, a variante para os velozes e ligeiros Side by Side (SSV).

A segunda edição do Dakar é realizada no Médio Oriente
O percurso do Dakar 2021 é totalmente diferente do da passada edição, embora prometa voltar a colocar à prova a nova especificação dos pneus BFGoodrich. Todas as etapas são novas, e entre elas encontra-se um dos grandes desafios da prova durante a segunda semana: a etapa maratona.

O rali terá início no próximo dia 3 de ajneiro, em Yeda, nas margens do Mar Vermelho. Os concorrentes acompanharão a costa ao longo de várias centenas de quilómetros, antes de se dirigirem para Al Jawf. A partir daí, rumarão para Ha’il, situada na antiga rota comercial do Mar Vermelho para a Mesopotâmia. Depois de um dia de descanso, a 9 de janeiro, a rota dirige-se para sudoeste. O Dakar 2021 terminará em Yeda, a 15 de janeiro.

“A chegada do Dakar à Arábia Saudita foi uma oportunidade perfeita para libertar o nosso espírito pioneiro num território inexplorado, e, ao mesmo tempo, mostrar a versatilidade e a performance extraordinárias dos nossos pneus”, sublinha Harold Phillips, Diretor da marca BFGoodrich. “Tínhamos vencido em África e na América do Sul, e também vencemos neste terceiro capítulo do Dakar, no Médio Oriente, com Carlos Sainz e a MINI, em 2020. Este ano, comemorámos o 150 aniversário da marca, tendo passado quase 50 desses anos a correr no Dakar. Em 2021, voltamos ao rali, impulsionados pela mesma paixão pela aventura. Só me resta desejar a todos os participantes um excelente Dakar 2021, prova em que, na BFGoodrich, esperamos alcançar a nossa décima sétima vitória”.

Dakar Service Center: a BFGoodrich junto das equipas do Dakar
As equipas participantes no Dakar contarão, uma vez mais, com o apoio e a assistência do DAKAR SERVICE CENTER, instalação em que podem reparar ou substituir os seus pneus, independentemente da marca que utilizem. Também podem conversar e partilhar as suas aventuras com a equipa técnica ou com outros pilotos. O serviço estará disponível a partir das três da tarde, após o final de cada etapa, e uma equipa de 12 pessoas – entre elas, oito montadores – trabalhará para rever os veículos dos concorrentes, analisará o desgaste dos pneus e disponibilizará aconselhamento relativo à escolha e às pressões recomendadas para o dia seguinte.

Desde 2019, o BFGoodrich DAKAR SERVICE CENTER conta, ainda, com uma nova oficina, uma exposição dos pneus do Dakar da marca, um local onde os concorrentes podem descontrair, e uma área para convidados VIP.

Tal como no ano anterior, a BFGoodrich espera manusear cerca de 2000 pneus durante 2021. Dependendo da categoria e do tipo de veículo, as equipas utilizam entre 20 e 50 pneus durante a maratona de doze dias. Após o evento, os pneus são analisados pelo Centro de Investigação e Desenvolvimento de Ladoux, perto de Clermont Ferrand, em França.

“Os comentários que recebemos dos participantes são muito importantes e contribuem para o desenvolvimento da nossa próxima geração de pneus”, explica Sandrine Combeaux, Diretora da BFGoodrich para o Sul da Europa. “Como parte do processo de desenvolvimento, uma equipa de engenheiros acompanha todo o rali juntamente com as nossas equipas parceiras. A informação que compilamos através do Dakar Service Center, e a análise dos pneus, permite-nos maximizar o valor que encerra o grande laboratório que é o Dakar”.

Rumo à décima sétima vitória, a quarta consecutiva
Os buggies da equipa MINI no Dakar confiaram, mais uma vez em 2020, nos pneus BFGoodrich All Terrain T/A KDR2+, capazes de garantir as prestações necessárias para serem competitivos e vencer num rali como este, como sejam a resistência aos furos, a eficiência em piso macio e a capacidade de escoamento da lama. Os pneus adaptaram-se na perfeição ao novo percurso do rali, que se disputava pela primeira vez na Arábia Saudita.

Ser pneu oficial do Rally Dakar é uma responsabilidade para a BFGoodrich, que regressou ao rali em 2017 com uma tripleta na classificação geral, resultado idêntico ao alcançado nas edições de 2018, 2019 e 2020. Mas a história do fabricante de pneus e do mais duro rali do mundo é muito mais longa do que a dos últimos e bem-sucedidos anos. Seja na sua posição de líder no segmento Allterrain, equipando milhões de veículos 4×4, ou apoiando com performances resistentes e estáveis os participantes em competições offroad, a BFGoodrich entende o Dakar como o banco de ensaios mais exigente do mundo. A marca, que soma um total de 16 vitórias absolutas na prova, compete nesta nova edição para continuar a escrever uma história de sucesso no Dakar.

A BFGoodrich® no Dakar

  • 1999: 1º, com Jean-Louis Schlesser
  • 2000: 1º, com Jean-Louis Schlesser
  • 2002: 1º, com Hiroshi Masuoka (Mitsubishi Pajero)
  • 2003: 1º, com Hiroshi Masuoka (Mitsubishi Pajero)
  • 2004: 1º, com Stéphane Peterhansel (Mitsubishi Pajero).
  • 2005: 1º, com Stéphane Peterhansel (Mitsubishi Pajero)
  • 2006: 1º, com Luc Alphand (Mitsubishi Pajero / Montero Evo)
  • 2007: 1º, com Stéphane Peterhansel (Mitsubishi Pajero / Montero Evo)
  • 2009: 1º, com Giniel de Villiers (Volkswagen Touareg)
  • 2010: 1º, com Carlos Sainz (Volkswagen Touareg)
  • 2011: 1º, com Nasser Al-Attiyah (Volkswagen Touareg)
  • 2012: 1º, com Stéphane Peterhansel (Mini Cooper)
  • 2017: Tripleta com a Peugeot Sport. Stéphane Peterhansel, Sébastien Loeb e Cyril Despres.
  • 2018: Tripleta com Carlos Sainz (Peugeot 3008 DKR), Nasser All-Attiyah e Giniel de Villiers (Toyota Hilux).
  • 2019: Tripleta con Nasser Al-Attiyah (Toyota Gazoo Racing), Nani Roma (X-Raid Mini) e Sébastien Loeb (PH Sport Peugeot 3008).
  • 2020: Tripleta com Carlos Sainz (MINI), Nasser Al-Attiyah (Toyota) e Stéphane Peterhansel (MINI)

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com