Atividade da Valorpneu caiu 27% no primeiro trimestre de 2020

Atividade da Valorpneu caiu 27% no primeiro trimestre de 2020

De janeiro a março deste ano, a atividade da Valorpneu registou um decréscimo de 27% no total de pneus recolhidos e valorizados face ao período homólogo do ano anterior.

Das 13.388 toneladas de pneus recolhidos e valorizados, foram recicladas 9.130 toneladas e valorizadas energeticamente 4.258 toneladas de pneus usados. Resultados que não foram animadores e que alertaram o mercado. A agravar esta situação, está a falta de visibilidade do que vai acontecer até final deste ano.

Segundo Climénia Silva, diretora-geral da Valorpneu: “o primeiro trimestre de 2020, em termos de pneus recolhidos e valorizados, foi o período de três meses mais baixo desde o ano seguinte ao do início de funcionamento do SGPU, ou seja, desde 2004 inclusive”.

Já 2019, foi um ano muito exigente para a Valorpneu, mas, também, muito gratificante, por ter sido o primeiro ano completo de vigência da sua nova licença, que exigiu desta entidade gestora um esforço considerável no sentido de renovar os vínculos contratuais com produtores, centros de receção, recauchutadores e outros valorizadores do sistema, bem como no estabelecimento de contratos com comerciantes e distribuidores, além de uma resposta adequada aos novos requisitos e condições impostas.

Leia mais aqui.

Notícias da mesma categoria

Avatar

Do mesmo Autor: Bruno Castanheira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com