Goodyear quer ser cada vez mais sustentável

12 - Goodyear-quer-ser

Permanentemente centrada em construir um futuro melhor para manter o mundo em movimento, a Goodyear comprometeu-se em reduzir o impacto ambiental da produção de pneus.

Naturalmente, todos os pneus requerem energia para serem fabricados, mas há muito que pode ser feito para o minimizar, a par da redução da produção de CO2 no processo.

Energia
O compromisso da Goodyear para reduzir a sua utilização de energia é um caminho longo e sinuoso, mas está a alcançar resultados graças a uma maior eficiência. O ano de 2019 terminou com uma redução da sua utilização de energia de 18%, por comparação com a linha base de 2010. Na região EMEA, essa redução situou-se nuns respeitáveis 26%. O objetivo é reduzir a utilização de energia em todo o mundo em 25% até 2023, o que exigirá um enfoque maior do que nunca na redução do consumo de energia e no aproveitamento das oportunidades oferecidas pelas energias renováveis.

A Goodyear reduz o consumo de energia ao monitorizar de perto a respetiva utilização em todas as fábricas, para garantir que cada instalação é tão eficiente quanto possível. Nas instalações de Fürstenwalde, na Alemanha, iluminação LED, misturadores eficientes e produtos de reparação de fugas são também utilizados para poupar energia. Acima de tudo isto, a energia renovável desempenha um papel fundamental nos esforços de Goodyear para ser mais sustentável, com duas centrais fotovoltaicas previstas para o Luxemburgo, e várias fábricas que utilizam já energia solar e hidroelétrica.

O mais impressionante é que os pneus Goodyear tornam-se cada vez mais complexos em termos da forma como o processo de produção evolui, o que significa que a sua criação consume mais energia, mas a empresa continuo a, efetivamente, reduzir o seu consumo energético.

Gases com efeito de estufa e outros resíduos
A utilização de energia e as emissões de gases com efeito de estufa estão intrinsecamente ligadas. Os esforços da Goodyear para reduzir o consumo de energia levaram a uma redução de 19% das emissões de gases com efeito de estufa, a nível mundial, desde 2010. A fórmula é simples: quanto menos energia utilize a empresa, menores serão as emissões.

Significa isto que a Goodyear está muito à frente dos seus objetivos no que respeita à redução das emissões de gases com efeito de estufa, dado que o objetivo global da empresa é uma redução de 25% até 2023. Na região EMEA, as emissões de gases com efeito de estufa da Goodyear foram reduzidas em 24%.

Em termos de outros tipos de resíduos, a Goodyear estabeleceu em 2006 uma expetativa de zero resíduos para aterro nas suas fábricas de pneus e químicos, e, desde então, incrementou os seus esforços todos os anos. Por exemplo, no ano passado, também começou a medir os seus resíduos por tipo e método de eliminação.

Água
Sem bem que a produção de pneus, de uma forma geral, não utilize muita água, os esforços da Goodyear para reduzir a respetiva utilização centram-se em locais de elevado stress hídrico, onde a água é um recurso ainda mais valioso. Para tal, efetua e o acompanhamento dos seus dados de utilização e extração de água em 43 instalações, com o objetivo de ser o mais eficiente possível para não utilizar uma elevada quantidade de água nestas áreas de elevado stress.

Em 2019, a utilização global de água foi reduzida em 15% relativamente à linha base de 2010, e, atualmente, Goodyear está a elaborando novos objetivos para continuar a reduzir o seu consumo nos próximos cinco anos. A EMEA é a área líder na redução da utilização de água, tendo reduzido o respetivo consumo em 33% desde 2010.

O compromisso da Goodyear para com a produção responsável de pneus, com a região EMEA a progredir de forma a que o resto do mundo a siga, é uma viagem inspiradora e permanente, que continuará a evoluir juntamente com a ciência que o permite.

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com