Pneus Michelin preparados para corridas de resistência 2023

01 - Pneus Michelin preparados para corridas de resistencia 2023

A Michelin é o fornecedor de pneus de todos os protótipos Hypercar que competirão em 2023 nos dois principais campeonatos de resistência do mundo, o IMSA WeatherTech SportsCar Championship, que se realiza na América do Norte, e o Campeonato do Mundo de Resistência da FIA (FIA WEC)

Ainda que a introdução da especificação Hypercar nas corridas de resistência remonte à temporada de 2020 do FIA WEC, esta categoria promete alcançar este ano a sua verdadeira maturidade, após o ingresso de inúmeros fabricantes de prestígio na luta pela vitória nos dois campeonatos mais importantes desta disciplina, e em corridas tão célebres como as 24 Horas de Le Mans.

Às equipas já presentes na categoria – Toyota, Glickenhaus e Peugeot – juntar-se-ão, em 2023, nada menos que seis marcas, que se estrearão ou reaparecerão no campeonato, casos da Porsche, Ferrari, Cadillac, Acura, BMW e Vanwall; ao passo que outras, como Alpine, Lamborghini e Isotta Fraschini, entrarão em 2024.

A Michelin foi escolhida como fornecedor de pneus de toda a categoria Hypercar pelos organizadores das duas principais competições de resistência do mundo. Os protótipos inscritos competirão com pneus MICHELIN Pilot Sport, os quais, graças a uma avançada tecnologia de simulação, foram desenvolvidos em questão de meses. Impulsionada pelos êxitos alcançados desde 2020, a gama evoluiu ainda mais este ano, com o intuito de oferecer aos parceiros da Michelin elevados níveis de durabilidade e performance. “A nossa gama de pneus Hypercar para 2023 é totalmente nova”, confirmou Pierre Alves, diretor do Programa de Corridas de Resistência da Michelin Motorsport.

A temporada do IMSA WeatherTech SportsCar Championship arranca com as 24 Horas de Daytona, na Flórida (EUA), a 28 de janeiro. Neste cenário farão a sua estreia os novos protótipos híbridos Porsche 963, Cadillac V-LMDh, Acura ARX-06 e BMW M Hybrid V8 equipados com MICHELIN Pilot Sport, os quais foram concebidos para enfrentar duplos ou triplos stints, uma questão importante devido à menor atribuição de pneus para cada corrida.

Posteriormente, a 11 de março, treze Hypercar reunir-se-ão no célebre circuito situado no aeródromo de Sebring, na Flórida, para a prova inaugural do FIA WEC. Na categoria principal do campeonato do mundo, a Michelin equipará dois Toyota GR010 Hybrid, quatro Porsche 963, dois Ferrari 499P, dois Peugeot 9X8, um Cadillac V-LMDh, um Glickenhaus 007 e um Vanwall Vandervell.

A nova normativa proíbe a utilização de aquecedores de pneus, pelo que os engenheiros da Michelin Motorsport centraram o seu trabalho no desenvolvimento de novos compostos.

O ponto alto da temporada do FIA WEC 2023 será o centenário das 24 Horas de Le Mans (10 e 11 de junho). A comemoração deste importante aniversário marcará, também, o centenário da primeira vitória da Michelin na prova francesa. Desde esse feito, alcançado, em 1923, pelo Chenard et Walcker Sport de Lagache/Léonard, a Michelin conquistou nada menos do que 30 vitórias absolutas em Le Mans, e permanece invicta desde 1998.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com