Pneus Goodyear contribuem para transporte sustentável

11 - pneus-goodyear-contribuem

“O nosso objetivo é disponibilizar pneus para veículos pesados com a mais baixa resistência ao rolamento, sem sacrificar a quilometragem e outras áreas chave para a performance dos pneus”, refere Grégory Bourcharlat, Vice-Presidente de Veículos Industriais da Goodyear.

O futuro é verde para a indústria do transporte, cada vez mais e por muito boas razões.

Na logística, tal significa equilibrar a crescente procura por transporte de mercadorias enquanto se avança para um modelo de operação mais sustentável. Este tipo de negócio está sujeito a uma grande pressão em termos de tempo: cada minuto e cada cêntimo contam; otimizar o tempo de atividade, a quilometragem e a eficiência de combustível são fatores chave, ao passo que a legislação os incita cada vez mais à redução das emissões.

“As empresas de transporte estão cada vez mais focadas na sustentabilidade, algo que não só é impulsionado pelas normativas legais, como estas também pretendem contribuir para os objetivos de sustentabilidade dos seus grandes clientes, tal como nós, na Goodyear,” refere Grégory Bourcharlat. “Por exemplo, caso participe ativamente na recolha de resíduos, e trabalhe para uma cidade que tenha uma estratégia ecológica muito clara, irá alinhar as suas operações com o objetivo do cliente e ter em conta os requisitos regulamentares”.

Em 2019, a Comissão Europeia começou a implementar a VECTO, ferramenta de simulação utilizada para determinar as emissões de CO2 e o consumo de combustível dos camiões, e a sua utilização é, agora, obrigatória para categorias específicas de camiões novos.

Caso um pneu de equipamento de origem não cumpra com estes padrões de emissões, nomeadamente, uma redução de 15% em 2025, e de 30% em 2030, o fabricante enfrentará severas sanções financeiras. “Os fabricantes de equipamento de origem (OEM) também estão e estabelecer objetivos claros de sustentabilidade, reduzir as emissões dos veículos consiste em fazer tudo o que seja possível alcançar esses objetivos,” afirma Ben Glesener, Diretor Regional de Tecnologia para Veículos industriais da Goodyear na EMEA. “Estão a selecionar os seus parceiros de negócio em função disto, centrando-se em parceiros de desenvolvimento confiáveis para apoiá-los na tarefa de cumprir com requisitos legais cada vez mais estritos, reduzindo a pegada de emissões de carbono para todo o veículo, e, ao mesmo tempo, oferecendo os produtos adequados para superar a excelência dos clientes”.

As grandes empresas de logística estão a implementar critérios de compra cada vez mais ecológicos. Estão focadas em como os fornecedores selecionados levam a cabo as suas operações, como seja o uso de materiais e energia renováveis, a redução das de emissões de CO2 e a procura por produtos cujo ciclo de vida completo seja o mais sustentável possível.

Apoiar as necessidades dos clientes

A estratégia da Goodyear consiste em trabalhar diretamente com os fabricantes de camiões e com os transportadores, para abordar a evolução das suas necessidades comerciais e apoiar os seus esforços na criação de um transporte sustentável. Os pneus de baixa resistência ao rolamento (LRR, na sua sigla em inglês), ainda que, por vezes, sejam subestimados, são uma área de enfoque decisiva para a empresa, e têm um impacto direto na redução dos níveis de emissões de camiões e autocarros, assim como no custo total de propriedade (TCO) da frota.

Uma verdadeira vantagem para todos será, contudo, os esforços desenvolvidos na criação de um pneu que cumpra com todos os requisitos na vertente operacional e que esteja em linha com os regulamentos atuais e com os que entrarão vigor esta década e no futuro. A sustentabilidade é vital para a Goodyear, e é abordada através dos quatro pilares da sua estratégia marco Better Future: fornecimento sustentável, operações responsáveis, mobilidade avançada e cultura inspiradora.

“O nosso objetivo é disponibilizar pneus para veículos pesados com a mais baixa resistência ao rolamento, sem sacrificar a quilometragem e outras áreas chave para a performance dos pneus”, sublinha Bem Glesener. “É importante, tendo em conta toda a inovação tecnológica que está a decorrer, ter um fornecedor de pneus que possa fazer frente a uma grande versatilidade, e que proporcione valor real criando os produtos adequados às soluções digitais inteligentes para o presente e para o futuro”.

Grégory Bourcharlat acrescenta: “OS OEM procuram um fornecedor que possa ajudá-los a cumprir com a regulamentação atual e futura. Na Goodyear, estamos sempre na vanguarda da inovação, o que nos permite tomar a iniciativa quando se trata de desenvolver produtos de nova geração e de abordar as necessidades em mutação da indústria”.

O poder da baixa resistência ao rolamento

É verdadeiramente incrível a diferença que um pneu pode fazer. Para uma frota de transporte, o custo médio do pneu representa 3% do TCO, mas, na realidade, esse pneu pode ter uma influência de até 40%. Ao manter a resistência ao rolamento o mais baixa possível, os níveis de emissões e a eficiência de combustível do veículo são diretamente afetados.

“Uma frota de 100 camiões que utilizem uma gama LRR, como o Goodyear FUELMAX GEN-2, pode reduzir o seu TCO em aproximadamente 40 000€ por ano, através da poupança de combustível, mantendo elevados níveis de quilometragem,” esclarece Ben Glesener.

A conceção deste tipo de pneu é um processo complexo, dado que há uma grande quantidade de elementos que podem afetar a resistência ao rolamento. A Goodyear atenta no desenho do perfil da banda de rolamento e as formas de otimizar os níveis de deformação do pneu, causada pelas forças de carga e de movimento, assim como no recurso a matérias-primas avançadas. A Goodyear também está na vanguarda no desenvolvimento de algoritmos inteligentes, que prevêem as avarias relacionadas com os pneus antes que estas possam ocorrer, otimizando ainda mais a sua vida útil e, por consequência, poupando dinheiro ao utilizador. Inúmeros clientes afirmaras que a monitorização em tempo real dos pneus, e a capacidade de planificar a manutenção dos pneu de forma proativa, tiveram um impacto positivo na pegada de carbono, assim como no TCO, dos seus veículos.

“Quando falamos de sustentabilidade e pneus, no creio que dediquemos tempo suficiente a explicar o valor acrescentado dos pneus LRR, assim como a importância do controlo e manutenção adequados dos pneu”, afirma Grégory Bourcharlat. “Manter o pneu com a pressão adequada melhorará ainda mais a resistência ao rolamento, e, assim, o veículo consumirá menos combustível e terá menos avarias”. Soluções avançadas, como o sistema de controlo da pressão dos pneus da Goodyear, não só informarão sobre a pressão dos pneus em tempo real, como evitarão problemas relacionados com os pneus antes destes acontecerem. O algoritmo desenvolvido internamente, denominado G-predict, enviará um alerta ao condutor e ao gestor de frota, sempre que a pressão dos pneus não seja correta, e indicará a gravidada do problema com um código de cor simples, para que se possa ser tomada a ação correta. Pode ser código que indique que o pneu deve ser substituído de imediato, revisto por um profissional após a próxima entrega o na próxima assistência programada.

A empresa continua a melhorar ulteriormente a sua oferta de acordo com as expectativas emergentes, trabalhando com novas tecnologias, designs inteligentes e materiais inovadores, para ajudar os seus clientes nos seus esforços pra reduzir as emissões. “Nos camiões, nas zonas urbanas, os pneus podem ser responsáveis por até 20% das emissões de CO2,” explica Ben Glesener.

Notícias da mesma categoria

João Vieira

Do mesmo Autor: João Vieira

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com