McLaren Artura com novos pneus inteligentes Pirelli

02 - McLaren-Artura-com-novos-pneus-inteligentes-Pirelli

A Pirelli acaba de lançar os primeiros pneus inteligentes com sistema Cyber Tire. Este sistema permite ao McLaren Artura “falar” com os pneus. Esta opção permite que o veículo capte informação diretamente da estrada para tomar decisões com maior segurança.

Pela primeira vez, a Pirelli equipa pneus capazes de “falar” com o carro. Trata-se do sistema Pirelli Cyber ​​Tire, e funciona graças a um sensor localizado dentro de cada pneu que coleta dados essenciais para uma condução segura e está diretamente ligado ao software da unidade de controlo do veículo. O primeiro modelo a incorporar esta novidade mundial, que tem como objetivo oferecer uma condução mais completa e segura, será o McLaren Artura, um supercarro híbrido equipado com uma significativa carga tecnológica. A tecnologia Cyber ​​Tyre proporciona uma grande quantidade de dados úteis tanto para o carro como para a pessoa sentada ao volante, tais como “o passaporte do pneu” (tipo de pneu, verão ou inverno, pressão ideal, códigos de velocidade e índice de carga) e um vasto leque de informações ligadas ao estado dos mesmos.

O Sistema Cyber Tyre da Pirelli
Estes últimos dados (principalmente temperatura e pressão, que são monitorados e transmitidos em tempo real) são essenciais para a segurança da condução. Além disso, as informações chegam com maior precisão em relação ao tradicional sistema de sensores localizados na válvula, uma vez que os sensores estão em contato direto com o próprio pneu, não estão localizados na jante. Os dados que eles fornecem são processados ​​através de um software específico criado pela Pirelli, que se encontra integrado com a eletrónica do carro. Algumas dessas informações podem ser consultadas no painel do veículo; os restantes dados são utilizados pelo cérebro eletrónico do carro para calibrar os auxiliares de direção de acordo com o pneu específico do carro e a sua condição.

Segurança na Estrada
Por exemplo, um carro equipado com o sistema Pirelli Cyber Tyre pode alertar o condutor para verificar a pressão dos pneus para continuar a conduzir com segurança. Por exemplo, quando mudam as estações, e tendo em conta que o código de velocidade pode diferir, se estivermos a falar de pneus de inverno ou de verão, o carro alerta o condutor quando a velocidade máxima desses pneus é atingida. Em qualquer caso, as funcionalidades específicas dos Cyber Tyres da Pirelli são definidas por cada fabricante de acordo com o modelo para o qual se destinam.

Um engenheiro virtual a bordo
Se nos limitarmos especificamente ao McLaren Artura, no leque dessas funções estão algumas opções específicas para conduzir em circuito. Neste âmbito, a tecnologia Pirelli Cyber Tyre permite ao condutor adaptar as pressões apropriadas para obter o melhor desempenho de acordo com o seu particular estilo de condução. Nesta situação, também os avisos são distintos. As notificações incluem a informação sobre o momento em que os pneus atingiram a temperatura ideal, e ajudam o condutor a manter os pneus na janela operacional ideal, para aproveitar ao máximo o rendimento da combinação carro-pneu. Ao mesmo tempo, também irá avisar quando chegar o momento de arrefecê-los. Em suma, é como se um engenheiro profissional viajasse no banco de passageiros.

Pneus desenvolvidos à medida com sensores
A Pirelli, juntamente com os engenheiros da McLaren, desenvolveu uns P Zero específicos para o Artura, nas medidas de 235/35 R19, na frente, e 295/30 R20, na traseira. A sua banda de rodagem apresenta um padrão assimétrico que oferece um excelente desempenho na travagem e garante o controlo do veículo em todas as condições, principalmente em piso molhado. A Pirelli oferece, opcionalmente, uns pneus P Zero Corsa destinados para uma utilização combinada em circuito e estrada, também desenvolvidos à medida, e que se diferenciam dos anteriores por possuir um composto derivado dos que são utilizados em competição. Para o Inverno, a McLaren Artura pode equipar uns P Zero Winter, também exclusivos para este modelo, que apresentam um composto único e um desenho da banda de rodagem que lhes permitem igualar o seu desempenho com os P Zero de verão. As três opções de pneus distinguem-se pela marcação “MC-C” nos respetivos flancos, que atesta o desenvolvimento específico para este modelo (o C atesta a incorporação da tecnologia Cyber ​​Tire).

 Pirelli Cyber Tyre: Uma tecnologia, múltiplas aplicações
O sistema Pirelli Cyber Tyre mostra-nos alguns traços do futuro dos pneus, que serão capazes de oferecer aos carros uma sensação de ‘toque’ com a superfície da estrada, para identificar e prevenir situações potencialmente perigosas, como a perda de aderência e situações de aquaplanagem, e representam um rápido avanço no papel da intervenção da eletrónica no controlo do veículo.

O próximo passo será a ligação dos pneus à rede, o que permitirá uma comunicação com as infraestruturas e com outros veículos. Em novembro de 2019, a Pirelli foi o primeiro fabricante de pneus do mundo a conseguir partilhar informações relacionadas com a estrada via 5G, graças a pneus equipados com sensores inteligentes. Esta inovação foi apresentada em Turim, durante um evento específico.

Rumo à Condução Autónoma
 Este tipo de aplicações continua a evoluir, tal como como os sistemas de condução autónoma. Assim, a tarefa de conhecer a aderência específica de um piso em concreto pode, muito em breve, ser assumida pelos pneus, permitindo ao carro abrandar e alertar os seus sistemas de assistência à condução quando o asfalto ficar mais escorregadio. Quando conseguirmos progredir na conectividade de veículos autónomos, um carro, na presença de um perigo iminente, será capaz de alertar os outros. Esta tarefa será atribuida exclusivamente ao único ponto do veículo em contato com o solo: os seus pneus.

Notícias da mesma categoria

Redação RP

Do mesmo Autor: Redação RP

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com