Valorpneu corresponde às expetativas dos produtores

03 - Valorpneu-corresponde

Quase 80% dos Produtores de Portugal Continental encontram-se muito satisfeitos e satisfeitos com o trabalho da Valorpneu e 75% dos Produtores das Ilhas também apresentam o mesmo grau de satisfação.

Apesar do ano atípico que se viveu em 2020, tanto os Produtores de Portugal Continental como os das Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira aderentes da Valorpneu mostraram um nível médio-alto de satisfação relativamente ao desempenho da empresa, enquanto entidade gestora do Sistema Integrado de Gestão de Pneus Usados (SGPU) em Portugal, quer seja a nível do portal das declarações, quer no que diz respeito ao seu relacionamento com a Valorpneu.

O estudo foi elaborado com base numa amostra de 486 Produtores de pneus aderentes à rede com questionários válidos, onde lhes foi solicitado, de entre outros aspetos que avaliassem de uma maneira global o funcionamento da Valorpneu. De referir que a 31 de dezembro de 2020, o universo de Produtores pertencentes à rede era de 1.972, pelo que, em termos de representatividade estatística, se verificou que 25% de Produtores aderentes da Valorpneu responderam ao questionário, tendo sido as regiões Centro e Norte onde se registou uma maior adesão, com uma representatividade de 68 por cento.

Em termos de distribuição geográfica verifica-se que 342 produtores estão localizados em Portugal Continental, 3 produtores na Região Autónoma da Madeira (RAM) e 1 produtor na Região Autónoma dos Açores (RAA). Identificam-se 140 produtores sem referência a localização geográfica.

Os pontos altos no nível de satisfação dos Produtores, satisfatória e muito satisfatória, assentam nas questões sobre a informação disponível relativamente ao processo de adesão ao SGPU e à simpatia e disponibilidade dos interlocutores.

Por outro lado, observa-se que o tópico com maior percentagem de Produtores insatisfeitos é também sobre a informação disponível. Mesmo que haja uma grande parte de produtores satisfeitos sobre esta temática, os resultados revelam a necessidade de a Valorpneu atuar sobre a informação que disponibiliza de forma a esclarecer as obrigações destes intervenientes.
Os principais aspetos negativos apontados à atividade da entidade gestora prendem-se com a recolha e disponibilização de contentores gratuitos; com o aumento do número de Centros de Receção e diminuição da distância aos mesmos; com o menor tempo de resposta aos emails; com a cobertura do Ecovalor alargada a outros processos e com o maior controlo/fiscalização nos detentores de pneus usados.

Relativamente ao ano de 2019, verifica-se que existe uma evolução positiva na satisfação dos Produtores. Esta conclusão mostra que a Valorpneu tem assumido com um elevado grau de importância na sua política estratégica assegurar a melhoria contínua através do envolvimento de todos os intervenientes. Apesar da pequena percentagem de inquiridos realizar uma avaliação negativa, a Valorpneu procurará melhorar o seu serviço, de modo a conseguir aumentar a satisfação global com o SGPU.

Notícias da mesma categoria

Redação RP

Do mesmo Autor: Redação RP

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com