Alinhamento da direção – Condução mais leve e exata

04 - Revista_dos_Pneus

A direção de um automóvel e o alinhamento da mesma são dois conceitos que se encontram intimamente ligados entre si. A direção é o sistema responsável pela mudança de trajetória das rodas, enquanto o alinhamento permite a coordenação das rodas sob um determinado ângulo, o que facilita o controlo da direção

Embora com frequência se faça referência simplesmente a um “alinhamento” ou “alinhamento da direção”, são ângulos da suspensão muito complexos que estão a ser medidos e uma diversidade de componentes da suspensão que estão a ser ajustados. Isto torna um alinhamento numa importante ferramenta de afinação da suspensão que influencia profundamente o funcionamento das rodas dos veículos.

As condições de desalinhamento ocorrem quando a suspensão e os sistemas da direção não estão a funcionar nos respetivos ângulos pretendidos. As condições de desalinhamento são geralmente provocadas pelo enfraquecimento das molas ou pelo desgaste da suspensão (rótulas esféricas, casquilhos, etc.) num veículo mais antigo. Também podem ser o resultado de um impacto num buraco ou contra um passeio, ou de uma alteração da distância ao solo do veículo (reduzida ou aumentada) em qualquer veículo, independentemente da idade.

Por norma, configurações de alinhamento incorretas resultarão num desgaste mais rápido dos pneus. Assim sendo, o alinhamento deve ser verificado sempre que são instalados novos pneus ou componentes da suspensão, e em qualquer altura que surjam padrões anormais de desgaste dos pneus. O alinhamento também deve ser verificado após o veículo ter embatido num grande obstáculo rodoviário ou num passeio.

Leia o artigo completo aqui